CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Estudante do interior de SP cria plataforma virtual para desenvolver projetos e ajudar área da saúde

Estudante do interior de SP cria plataforma virtual para desenvolver projetos e ajudar área da saúde

Publicado em | 30 Mai 2020

Compartilhe:

Plataforma reúne profissionais e estudantes de vários países, e funciona como uma rede colaborativa para criar opções de mercado, como respiradores e equipamentos. Plataforma virtual reúne profissionais e estudantes para criar projetos para área de saúde Reprodução/TV TEM Uma plataforma virtual criada por um estudante de Sorocaba (SP) reúne diversas pessoas de vários países do mundo para ajudar a desenvolver soluções para a área da saúde durante a pandemia de coronavírus. Confira AO VIVO os casos de coronavírus na região O "Respirador hacker" é como uma rede colaborativa na qual pesquisadores, estudantes e profissionais apresentam protótipos, criam projetos e dão dicas. A plataforma incentiva projetos abertos e sem patentes a criar opções de mercado mais baratas, como respiradores e equipamentos. Rodrigo Azevedo, que faz mestrado em ciência da computação na UFSCar, é o criador da plataforma e conta que o objetivo é aperfeiçoar os projetos e respiradores. Mais de mil voluntários participam. "Acabaram vindo novos voluntários do mundo inteiro. Temos desde o Brasil, EUA, China, profissionais do mundo todo participando da plataforma", diz. "Os médicos falam o que está faltando, o que querem, o que não querem, como está a situação na linha de frente", conta Nicolai Rutkevich, integrante do projeto. Plataforma une profissionais e estudantes para ajudar no combate ao coronavírus A interação reúne professores, estudantes, pesquisadores e pessoas que conhecem o processo de homologação dos equipamentos junto aos órgãos responsáveis, como a Anvisa. Quatro projetos que foram discutidos na plataforma poderão entrar na produção industrial. Além disso, pessoas de vários estados do país podem participar. Celso Monteiro, por exemplo, é de Santa Catarina e teve a oportunidade de ajudar no projeto de um ventilador artificial pulmonar. O equipamento usa componentes automotivos e funciona durante dias com uma bateria. O diferencial é o controle da pressão das vias aéreas, que é mais preciso, e o custo é cerca de R$ 400. "Cada um conseguiu fazer um projeto melhor do que faria sozinho. Foi bem interessante. Apesar de trabalhar em equipes, a forma como a gente interagiu foi fundamental para melhorar a qualidade dos projetos", explica Celso. Lucas Piovani, de 22 anos, é de Sorocaba e também desenvolveu um projeto de respiração para pacientes em estado mais leve, mas que tenham dificuldades para respirar. Ele usou materiais de baixo custo para fabricar o equipamento. "Quando a gente percebeu a necessidade desse tipo de equipamento, começou a agir de alguma forma. Foi uma linha de aprendizado gigantesca, porque a área da saúde não é meu forte, eu não conheço nada disso e, em dois meses, posso dizer que aprendi muita coisa", conclui. Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2020/05/30/estudante-do-interior-de-sp-cria-plataforma-virtual-para-desenvolver-projetos-e-ajudar-area-da-saude.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.