CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Auxílio emergencial terá quarta e 'talvez' quinta parcelas, mas com valor menor, diz Bolsonaro

Auxílio de R$ 600 foi aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente. A rádio, Bolsonaro disse que discutiu tema com Guedes e que 4ª parcela pode ficar entre R$ 300 e R$ 400. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (22) que haverá a quarta e "talvez" a quinta parcelas do auxílio emergencial destinado a trabalhadores informais. Segundo Bolsonaro, porém, o valor será inferior aos atuais R$ 600. O governo propôs ao Congresso Nacional pagar R$ 200 aos trabalhadores em razão da crise na economia provocada pela pandemia do novo coronavírus. Mas os parlamentares aumentaram o valor para R$ 600, por três meses. "Eu conversei com Paulo Guedes, que nós vamos ter que dar uma amortecida nisso daí. Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600. Eu não sei quanto. Vai ser de R$ 300, R$ 400. E talvez tenha a quinta, talvez seja R$ 200 ou R$ 300 até para ver se a economia pega", afirmou Bolsonaro nesta sexta ao conceder entrevista a uma rádio. "Não podemos jogar para o espaço mais de R$ 110 bilhões que foram gastos dessa forma, isso vai impactar nossa dívida no Tesouro, para ver se a economia pega", acrescentou. Auxílio emergencial: 59 milhões de brasileiros tiveram o pedido aprovado Pagamento do auxílio O governo iniciou nesta semana o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. O calendário desta parcela vale apenas para quem recebeu a primeira até 30 de abril. Até quarta, a Caixa Econômica Federal pagou R$ 44,3 bilhões para 51,6 milhões de beneficiários. Ao todo, foram 62,3 milhões de pagamentos, uma vez que muitos beneficiários já começaram a receber a segunda parcela de R$ 600. Ainda segundo a Caixa, foram processados pela Dataprev até a última segunda-feira 101,2 milhões de cadastros, dos quais 59 milhões foram considerados elegíveis - destes, 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 29,3 milhões de trabalhadores que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa. Outros 4,5 milhões de cadastros feitos pelo aplicativo ou pelo site estão em reanálise, e 4,4 milhões, ainda passam pela primeira análise. Initial plugin text


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/05/22/auxilio-emergencial-tera-quarta-e-talvez-quinta-parcelas-mas-com-valor-menor-diz-bolsonaro.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.