CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Com baixa adesão ao isolamento, Zonas Norte e Leste de Manaus têm avanço da Covid-19

Na capital, são mais de 12 mil casos confirmados da doença em todos os 63 bairros. Em Manaus, autoridades dizem que há menos contágio onde se reduziu circulação de pessoas As Zonas Leste e Norte da capital apresentam curva crescente de índices da Covid-19. Para o governo, o desrespeito ao isolamento social nessas áreas tem contribuindo para proliferação da doença nessas regiões. Na capital, são mais de 12 mil casos confirmados da doença em todos os 63 bairros. Na área central da cidade, onde lojas comerciais estão fechadas e há pouca circulação de pessoas, o número de casos é menor. No bairro Nossa Senhora Aparecida, são 32 casos. Na área do bairro Presidente Vargas, há 25 ocorrências. Segundo levantamento da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), nas periferias, outro cenário. A circulação de veículos e de pessoas nas ruas é maior. E é justamente nessas áreas - Zonas Norte e Leste - onde se percebe mais casos do novo coronavírus. Na Cidade Nova, Zona Norte, por exemplo, o último levantamento de casos apontava crescimento de 379 para 759 casos. No Nova Cidade, bairro vizinho, estava em 108 e pulou para 207. Já no Cidade de Deus, situado na Zona Leste, o número de casos saltou de 83 para 144. No São José, o salto foi de 143 para 283. Na casa do Elan Alecancar, que mora na zona Norte de manaus, quase todo mundo pegou a Covid-19, segundo ele. “Eu, minha esposa, meu irmão, que faleceu, a minha mãe com 72 anos, minha irmã e o meu cunhado [ foram contaminados]”, disse o jornalista. Cristiano Fernandes da Costa, diretor técnico da FVS, disse que há aumento de casos em duas regiões populosas de Manaus. “A zona leste e a zona norte que são bairros mais adensadas, a gente tem observado uma adesão menor que os demais bairros da capital. Isso chama atenção, em razão dessa falta de adesão ao isolamento social e o número de casos permanece aumentando nessas áreas”, disse. Na tentativa de conter o avanço da doença, um decreto do governo do estado determinou o fechado do comércio de atividades não essenciais até dia 31 de maio. Apesar disso, em toda a capital, a taxa de isolamento social nesta quinta-feira (21) era de 40% - abaixo de 70%, que é o recomendado pelas autoridades. Questionada sobre a fiscalização no cumprimento do decreto, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) disse que as Polícias Civil e Militar realizam fiscalização em toda o Estado sobre o cumprimento do decreto governamental que regula o funcionamento do comércio nesse período de pandemia. Em Manaus, do dia 21 de março até hoje, em média, são fechados, diariamente, 42 estabelecimentos por descumprimento do decreto. No Centro da Cidade, zona eminentemente comercial, a estratégia adotada foi a colocação de gradis. "Nos bairros, o trabalho tem ocorrido através da fiscalização de rotina e o atendimento de denúncias ao 190, uma vez que as lojas ficam em avenidas de circulação de veículos e pedestres e misturadas em regiões residenciais, o que não permite a repetição da mesma estratégia adotada no Centro", diz a SSP em nota. A SSP ressalta, ainda, que vem trabalhando em parceria com órgãos da Prefeitura de Manaus para auxiliá-los na devida aplicação de sanções por descumprimento. Initial plugin text Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/05/22/com-baixa-adesao-ao-isolamento-zonas-norte-e-leste-de-manaus-tem-avanco-da-covid-19.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.