CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Decisão da Justiça reduz mensalidade de faculdade durante a pandemia da Covid-19

Sentença liminar da 37ª Vara Cível do Rio de Janeiro garante um desconte de 50% para alunos da Souza Marques. Decisão abre precedente jurídico, para advogado. Alunos da faculdade de Medicina Souza Marques, do Rio de Janeiro, conseguiram na Justiça uma redução de 50% no valor de suas mensalidades durante o período que durar a pandemia da Covid-19. A sentença em caráter liminar foi aceita pela 37ª Vara Cível do Rio de Janeiro e garante, para os alunos que entraram com o recurso, a redução de até 50% do valor das mensalidades. Segundo um especialista, a decisão abre um importante precedente jurídico que pode beneficiar outros estudantes na mesma situação. Como justificativa para a decisão, o juiz Sandro Lúcio Barbosa Pitassi entendeu que, como os alunos estão no período prático das aulas de medicina e sem a possibilidade de ter aulas à distância, eles não poderiam continuar pagando a mensalidade integral. “As aulas à distância não podem ser oferecidas sem um ajuste no valor. É imprescindível o reequilíbrio dos contratos de prestação de serviço”, comentou o advogado Leonardo Amarante. A decisão fixou ainda uma multa de R$ 20 mil para cada cobrança indevida. No caso de descumprimento, a instituição educacional deverá pagar uma multa diária de R$ 500, até atingir o limite de R$ 60 mil. Os descontos nas mensalidades serão aplicados a partir do mês de março, data do início do período de isolamento social, até o final da pandemia do novo coronavírus. Precedente jurídico Especialista em defesa do consumidor, o advogado Leonardo Amarante vem observando um crescimento na quantidade de casos desse tipo. Segundo ele, a falta de diálogo entre alunos e instituições de ensino é um fator determinante para que estudantes busquem a Justiça. “Houve casos, inclusive, em que a instituição chegou a ignorar as solicitações de seus próprios alunos. É notório o padrão de comportamento das instituições de ensino. Todas elas adotam a mesma postura absurda, que dá margem, no caso das instituições de medicina, para interpretarmos como práticas de “cartelização”, uma vez que há poucas delas no Estado”, explicou o advogado.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/05/20/decisao-da-justica-reduz-mensalidade-de-faculdade-durante-a-pandemia-da-covid-19.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.