CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Assembleia Mundial da Saúde termina com agravamento da tensão entre EUA, OMS e China

Numa carta enviada para o diretor-geral da OMS, Trump deu ultimato: afirmou que, se a organização não implementar melhorias substanciais dentro de 30 dias, vai congelar o financiamento americano de maneira permanente e reconsiderar a participação do país. Assembleia Mundial da Saúde termina em meio a agravamento da tensão entre EUA, OMS e China A Assembleia Mundial da Saúde terminou nesta terça-feira (19), na Suíça, em meio ao agravamento da tensão entre os Estados Unidos, a OMS e a China sobre a resposta à pandemia. Numa carta enviada para o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde na noite de segunda (18), o presidente americano deu um ultimato. Afirmou que, se a OMS não implementar o que chamou de melhorias substanciais dentro de 30 dias, vai congelar o financiamento americano de maneira permanente e reconsiderar a participação dos Estados Unidos na organização. Donald Trump também acusou a China de esconder informações sobre o início do surto. Em resposta, um porta-voz do governo chinês disse que Trump está tentando achar um culpado para disfarçar a própria incompetência no combate à pandemia. Nesta terça (19), no encerramento da Assembleia Mundial da Saúde, líderes como os primeiros-ministros da Itália, Giuseppe Conte, e da Espanha, Pedro Sánchez e a presidente Da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, reforçaram o apoio à OMS. Ela falou que “o maior ato de coragem é jogar em equipe”, e que o momento certo de avaliar como a OMS pode se modernizar é quando a poeira baixar. A primeira Assembleia Mundial da Saúde virtual da história terminou na tarde desta terça com uma resolução liderada pelo bloco europeu aprovada por consenso, mas com ressalvas por parte dos Estados Unidos. O principal ponto do documento é a determinação para que, num momento oportuno, seja feita uma revisão da resposta global à pandemia coordenada pela OMS. O diretor-geral, Tedros Adhanom, apoiou uma revisão independente e abrangente da resposta internacional, incluindo, mas não limitada, à OMS. Num comunicado à parte, os Estados Unidos cobraram que a avaliação comece imediatamente, e também fizeram ressalvas sobre outro ponto da resolução. A Assembleia Mundial da Saúde definiu que futuros medicamentos e vacinas devem ser considerados bens públicos universais e que patentes não devem ser um obstáculo para uma distribuição justa. Mas o governo americano afirmou que o texto pode enviar uma mensagem errada para a indústria.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2020/05/19/assembleia-mundial-da-saude-termina-com-agravamento-da-tensao-entre-eua-oms-e-china.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.