CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

ONG que nasceu em Poá arrecada mais de R$ 13 milhões para ajudar mais de 43 mil famílias em 11 estados

Beneficiários vão receber ajuda por três meses. Ação de ONG de Poá arrecada R$ 13 milhões Uma ONG que nasceu em Poá e hoje atua em várias regiões do país arrecadou mais de R$ 13 milhões que ajudam a alimentar 43 mil famílias em 11 estados do Brasil. A ajuda possibilita a diarista Simone Santos de Souza levar o essencial para casa. Mas poder fazer compra já é um alívio para a diarista, que perdeu boa parte da renda desde que a quarentena foi decretada. "Eu tenho duas crianças pequenas em casa, na qual faziam as refeições diárias na escola e sem aula, sem refeição, então os gastos acabam sendo maiores e o dinheiro menor. Está entrando menos e eu estou tendo mais gasto”, diz. A balconista Taciane Martins de Oliveira é balconista e o marido pedreiro. Com a pandemia, os dois ficaram sem trabalho. O benefício do governo vai quase todo no aluguel. O que ajudou a ter comida na mesa foi o dinheiro da campanha “Corona no Paredão, Fome Não”, da ONG Gerando Falcões. “Eu gasto ele de duas formas, eu venho aqui, compro fruta, compro arroz, compro feijão, carne. Aí sempre sobra um pouquinho, aí depois eu venho aqui e gasto o outro pouquinho. Dá pra ajudar bastante”, conta. Os beneficiários recebem uma recarga de R$ 100 no cartão a cada três meses. Com esse valor a pessoa tem autonomia para comprar o que realmente precisa. Muita gente vai ao mercado perto de casa e isso também ajuda a movimentar a economia dos pequenos negócios. Um dos mercadinhos de Poá é um dos estabelecimentos. A gerente Priscila Petrillo explica que o movimento dos beneficiários é mais no final e início do mês, quando cai a recarga. “Com a circulação de pessoas e o aumento do faturamento ajudaram a manter o quadro de funcionários para que não haja demissões", diz. A distribuição é feita por meio de vale alimentação. O fundador da ONG, Eduardo Lyra diz que mais de 300 comunidades são atendidas, com mais de 100 organizações sociais que estão ligadas à rede. “Injetando mais de R$ 13 milhões em economia de favela, evitando que muitos negócios quebrem e garantindo os empregos dentro das comunidades. Os R$ 13 milhões vieram de mais de 17 mil doadores em dez países diferente ao redor do mundo”, diz.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2020/05/19/ong-que-nasceu-em-poa-arrecada-mais-de-r-13-milhoes-para-ajudar-mais-de-43-mil-familias-em-11-estados.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.