CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Em um fim de semana, Maranhão registra três casos de homens mortos por companheiras que sofriam violência doméstica

Dois casos foram registrados em bairros de São Luís e outro Casos foram registrados no povoado Barra do Rosa, na zona rural do município de Nina Rodrigues. Três homens foram mortos pelas companheiras, após brigas domésticas no último fim de semana. Segundo a polícia, um dos casos foi registrado no povoado Barra do Rosa, na zona rural do município de Nina Rodrigues, e outros dois na capital São Luís. Um dos homens assassinados foi identificado como Reinaldo Caldas Gomes, de 34 anos, no último sábado (16), no Residencial João Alberto, na Vila Lobão, em São Luís. Segundo a polícia, a morte aconteceu depois de uma briga após a esposa, Joana Evangelista Mendes, dizer que iria embora com o filho de sete meses. Durante a discussão, a mulher golpou o homem com uma faca no peito esquerdo. Reinaldo morreu no local. Joana disse que era vítima de violência doméstica e chegou a registrar ocorrências contra o companheiro por agressão física. A Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP) segue investigando o caso e ainda não localizou o paradeiro da mulher. No bairro Anjo da Guarda A segunda morte foi registrada no bairro Anjo da Guarda, em São Luís, onde Carlos Magno França Costa, de 44 anos, também morto com golpes de faca durante uma briga com a companheira, Maria de Fátima Silvestre, de 36 anos. Segundo a polícia, a mulher justificou dizendo que escorregou em cima da faca e Carlos acabou sendo golpeado no tórax. Maria de Fátima foi levada para a sede da SHPP, na Avenida Beira-Mar, onde ficará à disposição da Justiça para esclarecer melhor a situação. O terceiro caso ocorreu no povoado Barra do Rosa, na zona rural do município de Nina Rodrigues, no último domingo (19). O homem morto foi identificado como Francisco Viana de Sousa, conhecido pelo apelido de Groza. Segundo a polícia, Francisco agredia a esposa, identificada como Wilma, e também os próprios filhos menores de idade. No domingo, Francisco tentou agredir a família ao chegar bêbado em casa e acabou sendo golpeado com uma faca pela companheira. Wilma fugiu do local junto com os filhos e o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2020/05/19/em-um-fim-de-semana-maranhao-registra-tres-casos-de-homens-mortos-por-companheiras-que-sofriam-violencia-domestica.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.