CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

MPF se manifesta contra pedido de prisão domiciliar do empresário Mário Peixoto

Advogados do empresário afirmam que ele está no grupo de risco da Covid-19. Procuradores destacam que, quando estava fora da prisão, ele furou isolamento social. MP faz petição contra prisão domiciliar do empresário Mario Peixoto O Ministério Público Federal fez uma petição contra o pedido da defesa do empresário Mário Peixoto para que ele cumpra prisão domiciliar. Os procuradores dizem que, quando estava fora da prisão, ele fez reuniões na casa dele, desrespeitando o isolamento social. Documentos indicam que o secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, esteve em uma destas reuniões. A TV Globo entrou em contato com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, mas ela não se manifestou. A emissora também não conseguiu contato com o médico e a defesa do empresário. Os advogados de Mário Peixoto argumentam que ele tem mais de 60 anos e um quadro de hipertensão, hipotireoidismo, prostatite aguda – e é uma inflamação na próstata – e dislipidemia, que é um alto índice de colesterol no organismo. A defesa afirma que o empresário está no mais alto patamar do grupo de risco da Covid-19 e, por isso, deveria cumprir prisão de maneira domiciliar. O documento é acompanhado de um atestado do médico Luciano Negreiros. O pedido dos advogados foi feito no dia 14 de maio, o mesmo da prisão na Operação Favorito. O MPF se manifestou contra a prisão domiciliar e quer a continuidade da prisão preventiva. Os procuradores afirmaram que, em liberdade, Mário Peixoto promoveu reuniões em sua casa em desrespeito às recomendações de isolamento social para a prevenção do contágio por coronavírus. Como prova, o MPF publicou a transcrição de uma gravação entre o filho de Mário Peixoto, Vinícius, e a mãe dele. Vinícius: “Meu teste deu positivo”. Mãe: “Mentira, você está brincando comigo”. Vinícius: “É. Eu tive febre e dor de cabeça”. Mãe: “E agora está se sentindo bem?” Vinícius: “Agora estou sentindo bem”. Em outro trecho do diálogo, ele diz que acha que pegou o coronavírus em um dia que esteve na casa do pai. E completa: “O Lucas teve né? O Lucas estava lá”. Quando questionado pela mãe sobre qual Lucas estava falando, Vinícius Peixoto diz que era o Lucas secretário, e completa: “É, lá no governo todo mundo teve”. A mãe pergunta o que ele foi fazer lá e ele responde: “Meu pai, ideia de maluco, todo mundo com corona no governo e chama o cara para ir na casa dele”. Confira o diálogo: Vinícius: “A gente acha que foi um dia que eu estive na casa do meu pai. O Lucas teve, né? O Lucas estava lá, o Heitor brincou com ele e pode ter pego aquele dia lá. O primeiro que ficou doente foi o Heitor ou a Helena, um dos dois. Estava lá o Lucas com a esposa”. Mãe: “O Lucas, irmão do Matheus?” Vinícius: “Não, é o Lucas secretario”. Mãe: “Entendi, um grandão”. Vinícius: “É. Lá no governo todo mundo teve”. Mãe: “O que ele foi fazer na casa dos outros?” Vinícius: “Meu pai, ideia de maluco. Todo mundo com corona no governo e chama o cara para ir na casa dele”. Mãe: “Tem sorte de não ter pego o seu pai. Fez o exame?” Vinícius: “Fez, quando o do Lucas deu positivo ele fez os exames”. O Lucas secretário ao qual o filho de Mário Peixoto se refere é Lucas Tristão, secretário de Desenvolvimento Econômico do governo de Wilson Witzel. Ele testou positivo para a Covid-19. De acordo com o MPF, a conversa indica que eles entraram em contato recentemente. Mário Peixoto é investigado por ser o dono oculto de diversas empresas que têm contratos milionários sob suspeita com o Governo do RJ há várias gestões. Tristão foi advogado de uma dessas empresas e do próprio Mário Peixoto. Ele também foi sócio do governador Witzel em um escritório de advocacia e faz parte do secretariado desde o primeiro dia. Initial plugin text


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/05/19/mpf-se-manifesta-contra-pedido-de-prisao-domiciliar-do-empresario-mario-peixoto.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.