CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Prefeitura dá prazo de 24 horas para comerciantes do Camelódromo da Rocinha desocuparem espaço

Segundo comerciantes, cerca de 40 boxes serão removidos. Prefeitura do Rio pretende abrir uma via que corta o mercado popular para a passagem de ambulâncias. Comerciantes do Camelódromo da Rocinha receberam uma notificação da Prefeitura do Rio para "retirarem no prazo de 24 horas todos os equipamentos e pertences que se encontrem em seu interior". Isso porque a prefeitura pretende abrir uma via que corta o mercado popular para a passagem de ambulâncias. A rua vai levar pacientes ao Centro Médico de Imagens provisório, que vai funcionar durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo comerciantes, cerca de 40 boxes serão removidos. Ainda de acordo com eles, essa demolição é desnecessária, pois há uma rua ao lado do espaço por onde as ambulâncias poderia passar. Na tarde desta segunda, os comerciantes fizeram um protesto e tentaram se reunir com o secretário de Infraestrutura e Habitação, Sebastião Bruno, que estava no local, mas não conseguiram. Inicialmente, o tomógrafo seria instalado dentro de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade, mas teve o destino alterado porque a prefeitura alegou que a igreja ficava mais próxima do metrô. O local foi escolhido por haver necessidade urgente de atendimento aos moradores, segundo o município. Na quarta-feira (13), a obra foi paralisada por uma decisão judicial, depois de lideranças comunitárias moverem uma ação popular. Na sexta-feira (15), a decisão foi suspensa pelo plantão judiciário e a instalação do tomógrafo foi retomada. Em nota, a secretaria municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação disse que os boxes serão realocados na mesma via, em um lugar próximo que não atrapalhe a passagem das ambulâncias. E que, em seguida, quando o tomógrafo foi direcionado ao lugar definitivo, os comerciantes voltarão ao local de origem. No camelódromo, funcionam 216 boxes, onde cerca de 800 pessoas trabalham.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/05/19/prefeitura-da-prazo-de-24-horas-para-comerciantes-do-camelodromo-da-rocinha-desocuparem-espaco.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.