CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Cinco cidades do Grande Recife têm primeiro dia útil de medidas mais rigorosas

A determinação é sair de casa apenas para os serviços essenciais. No comércio de rua, muitos pedestres respeitaram o decreto estadual que obriga o uso de máscaras. Cinco cidades do Grande Recife têm primeiro dia útil de medidas mais rigorosas Esta segunda-feira (18), foi o primeiro dia útil com medidas mais rigorosas de isolamento em cinco cidades da região metropolitana do Recife. Trânsito parado entre Recife e Olinda. No comércio de rua, muitos pedestres respeitando o decreto estadual que obriga o uso de máscaras. Mas ainda encontramos pessoas que não estavam usando. Em alguns terminais de ônibus e estações de metrô passageiros aglomerados. As medidas mais restritivas valem até o fim de maio para cinco cidades da região metropolitana. A determinação é sair de casa apenas para os serviços essenciais. É uma tentativa de atingir 70% de isolamento social e achatar a curva de crescimento da Covid-19. No total, 96% das UTIs do estado para pacientes da Covid estão ocupadas. O primeiro dia útil da quarentena mais rígida coincidiu com o início do pagamento da segunda parcela do auxilio emergencial. No Recife, muita gente chegou antes da abertura de uma agência da Caixa. Outra colocou cadeiras para evitar aglomerações. Agentes de saúde da prefeitura de Olinda higienizaram as calçadas - e explicaram a importância do distanciamento, de higienizar as mãos e do uso da máscara. Um experimento da Universidade Federal de Minas Gerais mostrou como as máscaras podem barrar a contaminação. No vídeo, é possível ver quando a pessoa conversa a meio metro de distância do manequim, ambos sem máscara, a placa fixada no rosto do boneco se enche de colônias de bactérias, que podem ser vistas sem microscópio - por segurança, os pesquisadores substituíram vírus por bactérias. Quando o manequim usa a máscara, nenhum micro-organismo é detectado. Quando ninguém usa máscara e o voluntário espirra, o manequim recebe bactérias. Mas quando o boneco estava de máscara, nenhum micro-organismo foi localizado nele. Agora, com a distância de dois metros, o recomendado pelo Ministério da Saúde, voluntários e manequim com os rostos desprotegidos: as partículas que saíram das bocas não chegaram até o boneco. Mas quando o espirro é induzido, o manequim foi contaminado. Com o voluntário de máscara, as gotículas até atravessam o acessório durante o espirro, mas a distância impede a contaminação do boneco. “É por isso que é tão importante a gente tentar manter a máscara, porque ela consegue proteger muito bem daquilo que a gente lança no ambiente. A gente também consegue através de distância impedir que essas gotículas tenham facilidade para infectar outras pessoas”, diz o infectologista Gabriel Serrano. A máscara precisa ser manuseada com mãos limpas, lavadas com água e sabão ou higienizadas com álcool em gel.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2020/05/18/cinco-cidades-do-grande-recife-tem-primeiro-dia-util-de-medidas-mais-rigorosas.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.