CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Sobe para 19 número de mortos por coronavírus no Hospital de Campanha do Anhembi em SP

Nova vítima era mulher com 72 anos e doenças pré-existentes. Agora, chega a 20 número de mortos em hospitais de campanha erguidos para pacientes com a doença. Hospital de campanha do Anhembi está com 519 pacientes internados Subiu para 19 neste domingo (17) o número de mortos por coronavírus dentre os pacientes do Hospital de Campanha no Anhembi, montado pelo governo do estado no centro de exposições localizado na Zona Norte de São Paulo, segundo a secretaria municipal de Saúde. A nova vítima é uma mulher de 72 anos e que tinha comorbidades - como são chamadas doenças pré-existentes de risco. Agora, ao total, são 20 mortos em hospitais de campanha: além dos 19 no Anhembi, outro morreu na unidade de campanha no Estádio do Pacaembu. Reportagens do SPTV vem denunciando falta de estrutura, remédios e exames no hospital montado no Anhembi. Na última semana, pacientes denunciaram falta de água e equipamentos de proteção, além de chuveiros que não esquentam e banheiros sujos na unidade. Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde, responsável pelo hospital da Zona Norte da capital, informou que o problema a falta de água no lugar foi pontual, durou um dia e foi resolvido. Segundo a pasta, não há registros de falta de Equipamentos de Proteção Individual, os EPIs, e nem de medicamentos na unidade hospitalar, que tem os estoques abastecidos. “Faltam equipamentos. Faltam medicamentos. Os banheiros sujos. Falta água. Quando tem água, o chuveiro não esquenta, com exceção em determinados horários”, denunciou José Ricardo Papa, que ficou nove dias internado no Hospital de Campanha do Anhembi para tratamento contra Covid-19 . Antes de morrer, o paciente Mário Roberto Silva, de 49 anos, mandou mensagens por celular para a mulher reclamando da falta de água quente nos chuveiros do Hospital de Campanha do Anhembi. "Aqui é difícil, a enfermeira pegou a roupa, mas não tinha quem dar banho, amor. Os chuveiros aqui de madrugada não esquentam", escreveu Mário, que morreu por complicações da doença após ficar 14 dias internado. Segundo a Secretaria da Saúde, a vítima não tinha comorbidades, que são doenças pré-existentes que podem agravar o quadro de Covid-19. O Hospital de Campanha do Anhembi tem, em média, um paciente morto a cada dois dias. Quadros leves Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, as mortes registradas no Anhembi foram de pacientes que deram entrada com quadros mais leves mas pioraram durante a internação. Atualmente, 1.325 pacientes conseguiram se tratar e receberam alta. “Salvamos 99% das pessoas que ai entraram”, disse Edson Aparecido, secretário Municipal de Saúde, explicando que os protocolos de atendimento de pacientes são diferentes no Anhembi e no Pacaembu. E que não pretende mudar isso. Initial plugin text


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/05/17/sobe-para-19-numero-de-mortos-por-coronavirus-no-hospital-de-campanha-do-anhembi-em-sp.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.