CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Profissionais de saúde denunciam retirada de 20 respiradores de hospital de campanha no Rio

Respiradores foram retirados do hospital de campanha do Maracanã e levados para outro hospital do estado que vai ser inaugurado domingo (17). Profissionais de saúde denunciam retirada de respiradores de hospital de campanha no Rio Profissionais de saúde do hospital de campanha do Maracanã, no Rio, denunciaram que 20 respiradores foram retirados e levados para outro hospital do estado que vai ser inaugurado domingo (17). Funcionários contam que os 20 respiradores novos foram retirados do hospital de campanha do Maracanã na tarde de sexta-feira (15). Eles afirmam que os respiradores que ficaram no hospital são de um modelo antigo. “A gente tinha paciente que estava já com estes ventiladores em uso, recebendo tratamento através deles. Estes ventiladores foram retirados e colocados ventiladores mais antigos, que têm uma limitação de recursos. Isso foi feito apesar da nossa contestação”, disse funcionária do hospital de campanha do Maracanã. Os profissionais de saúde também dizem que parte dos respiradores não estava funcionando. “Alguns não tinham sido testados, eram muito antigos, a rede de suporte de O2 não conectava, não era possível conectar em todos e a gente ficou muito, muito desamparado ontem”, afirmou funcionária do hospital de campanha do Maracanã. O hospital de campanha do Maracanã foi inaugurado no dia 9 de maio com 170 leitos, 80 de UTI. Segundo o governo do estado, 120 pacientes estão internados no hospital. A organização social Iabas, contratada pelo estado, disse que no início da tarde havia 53 respiradores no hospital, e 63 pacientes internados na UTI. O superintendente da OS, Hélcio Watanabe, admitiu que os 20 respiradores foram retirados do Maracanã e levados para outro hospital de campanha, de São Gonçalo, que vai ser inaugurado domingo (17). “A gente está com uma remessa de ventiladores para chegar e a gente tem uma condição hoje de fazer movimentação dos ventiladores sem que comprometa a qualidade de atendimento”, disse Hélcio Watanabe.


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2020/05/16/profissionais-de-saude-denunciam-retirada-de-20-respiradores-de-hospital-de-campanha-no-rio.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.