CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Polícia Civil conclui inquérito que apurou atentado a artista plástico Apolinário Oliveira

Polícia Civil conclui inquérito que apurou atentado a artista plástico Apolinário Oliveira

Publicado em | 01 2020

Compartilhe:

Suspeito foi indiciado por tentativa de homicídio, mas o Ministério Público pode oferecer denúncia por homicídio qualificado. Artista plástico Apolinário Oliveira morreu aos 50 anos Reprodução/Redes Sociais O delegado responsável pelas investigações sobre as circunstâncias, autoria e motivação do baleamento sofrido pelo artista plástico Manoel Apolinário Oliveira, no dia 15 de novembro, em Santarém, oeste do Pará, concluiu na manhã desta terça-feira (1) o inquérito policial. De acordo com o delegado Thiago Mendes, estão comprovadas a autoria e a materialidade do crime. O suspeito foi indiciado pela Polícia Civil pelo crime de tentativa de homicídio, mas Thiago Mendes disse que em razão da morte da vítima na tarde desta terça, o Ministério Público pode mudar a capitulação e oferecer denúncia contra o suspeito por homicídio qualificado por motivo fútil. “Nós concluímos na manhã de hoje o inquérito que apurou o baleamento do artista plástico Manoel Apolinário, e a partir de agora o inquérito será encaminhado ao poder judiciário que enviará ao Ministério Público para que se manifeste. Cabe ao Ministério Público denunciar ou não o suspeito identificado no decorrer das investigações. A nova capitulação poderá ser dada pelo Ministério Público”, disse Thiago Mendes. Amparado pela Lei do Abuso de Autoridade, o delegado Thiago Mendes não revelou o nome do suspeito de atirar em Apolinário. Delegado Thiago Mendes concluiu inquérito que apurou baleamento do artista plástico Apolinário Oliveira Kamila Andrade/G1/Arquivo Ainda de acordo com o delegado, o hotel onde Apolinário recebeu um tiro que atingiu o rim do lado esquerdo e o intestino, cedeu as imagens do circuito de segurança. “Não foi possível ver de forma nítida o momento do tiro, mas deu pra ver perfeitamente pra esclarecer a dinâmica dos fatos. Se vê primeiro o suspeito passando, depois a vítima e logo em seguida populares. O suspeito fugiu logo após o disparo e se apresentou dois dias depois na delegacia e entregou a arma que já foi enviada para perícia”, contou o delegado. Sobre a motivação, o delegado disse que não ficaram claros os motivos que levaram o suspeito a atirar em Apolinário. Muitas pessoas foram ouvidas e as versões divergiram, porém, todas apontaram o suspeito que se apresentou à polícia, como sendo o autor do baleamento do artista plástico. *Colaborou Jaderson Moreira, da Tv Tapajós


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/pa/santarem-regiao/noticia/2020/12/01/policia-civil-conclui-inquerito-que-apurou-atentado-a-artista-plastico-apolinario-oliveira.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2021 Clb Digital .
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.