CLASSIFICADOS ON-LINE   |   CLASSIFICADOS IMPRESSO   |   DESENVOLVIMENTO DE SITES   |   GRÁFICA   |   MÍDIA INDOOR   |   REDES SOCIAIS   |   VÍDEOS ANIMADOS   |   NOTÍCIAS

Hospital das Clínicas de SP tem 92% de ocupação na UTI e promete abrir 100 novos leitos para pacientes com coronavírus

Hospital das Clínicas de SP tem 92% de ocupação na UTI e promete abrir 100 novos leitos para pacientes com coronavírus

Publicado em | 20 Abr 2020

Compartilhe:

Instituto Central do Hospital das Clínicas foi inteiramente dedicado para pacientes com Covid-19 e tem 185 dos seus 200 leitos de UTI já ocupados. Hospitais públicos da periferia de São Paulo já têm 100% de ocupação. Fachada do Hospital das Clínicas, em São Paulo TV Globo/Reprodução O Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo registrou nesta segunda-feira (20) uma taxa de ocupação de 92% em seus leitos de UTI. O HC reservou todo o Instituto Central, com 900 leitos, para pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Desses, 200 são leitos de UTI. Nesta segunda, o hospital tinha 331 pacientes com a doença internados, dos quais 185 em UTI. Diante da ocupação crescente, o hospital vinculado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) se prepara para transformar 100 leitos da enfermaria em unidades de terapia intensiva, apesar da dificuldade para conseguir equipamentos. "Estamos trabalhando fortemente, junto com a diretoria clínica, com o conselho, para que a gente eleve esse número para 300 leitos de UTI", disse o superintendente do Hospital das Clínicas, Antônio José Rodrigues Pereira. "Queremos ver se a gente consegue essa entrega, no mais tardar, até o dia 7 de maio, logicamente, com todo o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Saúde, e com o engajamento da sociedade. Os números estão aí: fiquem em casa. Será apenas desta maneira que não teremos colapso do Sistema Único de Saúde", completou Pereira. Neste sábado (18), o superintendente da unidade foi diagnosticado com coronavírus. Ele apresenta sintomas leves e não precisou de internação. Pereira está isolado, em casa, administrando o HC por telefone e por conferências via internet. Hospitais públicos com 100% de ocupação Os hospitais municipais de Parelheiros, Itaquera e Cidade Tiradentes, em São Paulo, estão com 100% dos leitos de terapia intensiva ocupados, informou o secretário de saúde nesta segunda-feira (20). O coronavírus chegou à periferia da cidade há cerca de 10 dias. "Alguns hospitais, como de Parelheiros, estão 100% ocupados. Nós vamos ampliar mais 30 leitos, mas já temos 100% de ocupação, assim como em Cidade Tiradentes e Itaquera. Esses estão sob maior pressão nesse momento", disse Edson Aparecido. Hospitais Parelheiros, Itaquera e Cidade Tiradentes não têm mais vagas de UTI Na sexta-feira (17), quatro hospitais da Zona Leste de São Paulo ficaram sem vagas de UTI - Tide Setúbal, Cidade Tiradentes, Ermelino Matarazzo e Doutor Inácio Proença de Gouveia. Entre os hospitais mais procurados da cidade, a taxa de ocupação das UTIs varia de 62%, como no Hospital São Paulo, a 100%, valor verificado na UTI do Hospital Emílio Ribas. A rápida ocupação de leitos na capital avança de modo similar na Grande São Paulo, onde o índice é de 80%. No estado, de acordo com o Governo, 6.032 pessoas estão internadas com Covid-19 ou com suspeita de estar com a doença. A taxa de ocupação paulista dos leitos de UTI é de 60%. Para o secretário estadual da saúde de São Paulo, José Henrique Germann, a primeira reserva de leitos de UTI do estado, formada por aqueles já existentes, deve lotar em maio. A segunda reserva, com leitos que ainda serão entregues, deve lotar até o final de julho, de acordo com o secretário. Hospital de Campanha H.M Camp, no Pacaembu, construído para aumentar oferta de leitos TV Globo/Divulgação Previsões confirmadas Desde o início da epidemia, a expectativa era de que o estado de São Paulo sofresse com a falta de leitos hospitalares entre meados de abril e maio. Um estudo realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com a Universidade de Harvard e o Ministério da Saúde chegou a dar uma data específica para que os leitos hospitalares começassem a lotar - 19 de abril. A partir dessas previsões, o Governo do Estado e as prefeituras tentaram retardar o processo de lotação, restringindo a circulação de pessoas por meio da quarentena, embora a adesão ideal ainda não tenha sido alcançada, e construindo hospitais de campanha. O governo estima que a epidemia dure de 4 a 5 meses no estado. Initial plugin text


Fonte: G1 > Rio de Janeiro
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/04/20/hospital-das-clinicas-de-sp-tem-92percent-de-ocupacao-na-uti-e-promete-abrir-100-novos-leitos-para-pacientes-com-coronavirus.ghtml


Boletim Informativo

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo e notícias de sua cidade ou região.


Copyright 2013-2020 Classificados da barra - (21) 4107-6698 / 3502-0876 / 96475-6947.
Classificados da Barra LTDA, CNPJ: 28.894.203/0001-98, Rua Esperança, 259 SL 01 , Vargem Grande, Rio de Janeiro/RJ, CEP: 22785-590 Todos os direitos são reservados. Proibido a reprodução sem a devida autorização.